Governo Bolsonaro

Maioria do STF vota para impedir Bolsonaro de acabar com conselhos federais criados por lei

Esta foi a primeira vez que o plenário do STF analisou uma ação que contesta ato de Bolsonaro como presidente. A proposta foi apresentada pelo PT

12/06/2019 17h32
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria, nesta quarta-feira (12), para impedir, de forma provisória, Jair Bolsonaro de extinguir conselhos da administração pública federal que tenham amparo em lei.

A maioria dos ministros entendeu que o presidente não pode, unilateralmente, como por decreto, por exemplo, acabar com conselhos da administração federal que tenham sido criados por lei, que foram aprovados no Congresso Nacional.

Contudo, a Corte liberou que o presidente elimine conselhos que tenham sido instituídos por decreto ou ato normativo inferior, como portarias e resoluções.

No momento em que a maioria foi formada, Luiz Fux (que preside o STF na sessão desta quarta) suspendeu o julgamento para o intervalo.

Liminar

Ao final, o tribunal pode conceder liminar proibindo o presidente de acabar com os conselhos. No entanto, os ministros podem estender a decisão, proibindo que Bolsonaro acabe também com os conselhos que não foram criados com autorização do Legislativo.

Esta foi a primeira vez que o plenário do STF analisou uma ação que contesta ato de Bolsonaro como presidente. A ação julgada nesta quarta foi apresentada pelo PT

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Brasília - DF
Atualizado às 15h53
30°
Nuvens esparsas Máxima: 31° - Mínima: 18°
28°

Sensação

9 km/h

Vento

22%

Umidade

Fonte: Climatempo
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias