Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro na embaixada dos EUA pode ser enquadrado como nepotismo, diz Marco Aurélio, do STF

"Sob a minha ótica, não pode, é péssimo. Não sei o que os demais pensam. Não acredito que o presidente Bolsonaro faça isso. Será um ato falho, um tiro no pé”, afirmou Marco Aurélio Mello

12/07/2019 11h22
Por: Folha
Fonte: Revista Forúm
Foto Reprodução
Foto Reprodução

O ministro do STF Marco Aurélio Mello afirmou na noite desta quinta-feira (11) que a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos pode ser enquadrada como nepotismo e disse que se trata de um “péssimo exemplo”.

“Sob a minha ótica, não pode, é péssimo. Não sei o que os demais pensam. Não acredito que o presidente Bolsonaro faça isso. Será um ato falho, um tiro no pé”, afirmou o ministro do STF ao Estado de S. Paulo.

Mello considerou ainda que Bolsonaro deve contas aos eleitores. “O exemplo vem de cima. Ele chegou para nos governar e governar bem, não para proporcionar o Estado aos familiares”, disse.

À Folha de S. Paulo, ele ainda afirmou que tem sido voto vencido no STF em casos de nepotismo. “O Supremo, contra o meu voto, tem entendido que o nepotismo não se aplica a agentes políticos, e tem excluído no tocante a secretários de municípios, secretários de estado. Eu concluo de forma diversa, tanto que eu afastei o filho do [prefeito do Rio, Marcelo] Crivella, que era chefe do gabinete da Casa Civil do prefeito”, declarou.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias