Segunda, 28 de Setembro de 2020
51993949307
Geral Diplomacia

Últimos 500 indicados para embaixadas eram diplomatas, mas Bolsonaro insiste em indicar o filho

O presidente Jair Bolsonaro quer indicar o filho Eduardo Bolsonaro como embaixador do Brasil nos Estados Unidos

15/08/2019 19h25
Por: Redação Fonte: Revista Veja
Últimos 500 indicados para embaixadas eram diplomatas, mas Bolsonaro insiste em indicar o filho

Levantamento feito pela liderança do PDT no Senado revela que as últimas 500 indicações feitas pela Presidência da República para chefiar embaixadas no exterior foram de diplomatas de carreira. E não tem nenhum parente nessa lista.

Assim acontece desde maio de 2006. Essa conta inclui parte das indicações do governo Lula e  todas feitas por Dilma, Temer e pelo próprio Bolsonaro.

Continua depois da publicidade

Jair Bolsonaro irá indicar o filho Eduardo para embaixada dos Estados Unidos. Esse levantamento será explorado pela oposição durante a sabatina de Eduardo e será levado em conta pelos que ainda estão indecisos.

“Os indicados são tradicionalmente escolhidos entre os diplomatas de carreira, com formação sólida e ampla experiência internacional, entre ministros e conselheiros do Itamaraty. Este caso, no mínimo, representa um desprestígio à carreira”, disse Weverton Rocha, líder do PDT no Senado.

Continua depois da publicidade

A senadora Katia Abreu, ex-vice de Ciro Gomes e desafeta do governo,  é a representante de seu partido na Comissão de Relações Exteriores, que irá inquirir o 03.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias