Glenn Greenwald

A Globo declarou guerra contra Glenn Greenwald e David Miranda

Por *Viviane Righetti

Barbudinho

BarbudinhoLuiz Henrique Barbudinho, é ativista digital e político, especialista em marketing e redes sociais, é um dos administradores de uma das maiores redes progressistas do Brasil, com alcance superior a 60 milhões de usuários ao mês. Ficou conhecido nacionalmente e internacionalmente depois de ter invadido uma transmissão ao vivo da Rede Globo com uma placa chamando a emissora de "golpista".

12/09/2019 12h06
Por: Redação

Em nome dos 250 mil membros do Grupo de Apoio ao Jornalista Glenn Greenwald, dos administradores e moderadores do grupo, repudiamos os ataques da Rede Globo ao Jornalista Glenn Greenwald e ao seu marido David Miranda.

A Globo que apoiou o golpe de 1964, apoiou o golpe de 2016 e agora se sentindo acuada esta atacando um jornalista sério e premiado A imprensa tem o dever de defender a liberdade de imprensa tem obrigação de  apoiar a democracia. 

Mas a Rede Globo  esta sempre do lado que lhe convém.

Não temos convicção, temos certeza que a globo manipula  seus seguidores, distorce notícias e agora esta amedrontada com o material que esta em posse do THE INTERCEPT, que com certeza pode comprometer a emissora. 

A Emissora era contra as “Diretas Já”, só acabou cedendo devido a insistência do povo que tomou as ruas e dos  comícios a favor da democracia.

A Globo insiste em mandar no país e manípula descaradamente  seus espectadores (em geral pessoas humildes, sem formação). 

A emissora elegeu Collor e derrubou Collor. É sempre assim, quando alguém não serve mais aos seus interesses.

A Rede Globo perseguiu Lula por 30 anos, acabou se aliando a um juiz ladrão e assim mantém Lula preso sem provas a mais de 500 dias.

O que a Globo sabe fazer magistralmente é manipular contextos, como por exemplo, a alocação de tempos para acusação e defesa. Uma denúncia feita por algum delator no processo Lava Jato recebe um detalhamento que toma vários minutos enquanto a defesa merece rápidas e burocráticas menções do tipo “todas as doações foram registradas de acordo com a lei eleitoral”, “não comentamos inquéritos em andamento”, ou “ainda não tivemos acesso aos autos do processo”, sem falar no lacônico “não conseguimos contato com...,”.

Discutir a legalidade de tal processo é chover no molhado porque a emissora sempre vai alegar que seguiu o preceito jornalístico da consulta à parte atacada ou agredida. A questão é a diferença de tempo e detalhamento. Na maioria dos casos de divulgação de denúncias por delação premiada não houve da parte dos telejornais da TV Globo a preocupação em apresentar de forma detalhada os argumentos da outra parte. Assim, o telespectador acabou sempre ficando sob o efeito do impacto da denúncia, mesmo aqueles que não acreditaram nela...

Segundo o jornal O Globo, edição de hoje, o marido de Glenn teria movimentado atipicamente R$ 2,5 milhões. A empresa da família Marinho cita o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) como fonte da informação.

Em vídeo publicado no Youtube, o jornalista do Intercept rebateu afirmando categoricamente que se trata de “vazamento ilegal e falso” e denunciou que o procedimento do Ministério Público contra seu marido, o deputado David Miranda, teve dois dias depois da #VazaJato começar.

Miranda, por sua vez, negou que tenha cometido qualquer ilegalidade e disse que tem como provar a origem de sua movimentação financeira. Ele garante que é alvo de investigação porque seu marido está divulgando a #VazaJato.

“Sinceramente, não sei qual a porcentagem de políticos neste país que usa esse esquema – parece um pouco comum -, mas posso dizer com 100% de certeza que David nunca recebeu um centavo de nenhum de seus funcionários em seu gabinete, como vereador ou deputado, e nunca o faria”, completa Glenn.

Pelo sim pelo não, a Globo chamou o cofundador do Intercept para a briga. Além disso, a emissora quis mandar um recado que continua fechada com o ministro Sérgio Moro e não tem medo de Glenn Greenwald.

Por outro lado, o jornalista norte-americano já tem experiência de ter guerreando com os governos dos Estados Unidos e Grã-Bretanha, juntos, no Caso Snowden. Naquela época, em 2013, a Globo gostava de Glenn. Agora, pelo jeito, não mais.

Leia o texto do vídeo de Glenn Greenwald:

É muito irônico, porque um tema principal da nossa reportagem é o fato que o Ministério Público abusa o tempo todo de seu poder contra seus inimigos, inclusive vazando ilegalmente informações com o objetivo de sujar e destruir a reputação de seus adversários usando veículos da mídia, como Antagonistas e Globo, que não são jornalistas mas parceiros, que é exatamente o que fizeram neste caso.

O que eles estão tentando fazer é criar uma equivalência do caso do Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz e Carlos Bolsonaro, que com certeza são culpados, com [o caso do] meu marido.

Eles querem que vocês pensem que meu marido e eu temos uma reputação suja, não usando o processo legal no tribunal com evidência, [mas] usando tática covarde, vazamento ilegal.

O problema deles é que isso é muito fácil de responder. E se O Globo tivesse jornalistas e repórteres em vez de propagandistas para o MP, eles já saberiam.

Meu salário, e eu tenho um pouco de vergonha para falar isso, é muito maior do que as quantias de dinheiro que O Globo disse que David está recebendo na conta dele. E eu tenho outras rendas. Tenho cinco livros, quatro deles na lista dos mais vendidos da The New York Times, tenho participação em filmes, tenho renda com palestras.

Eu transfiro todo o dinheiro que ganho no mês para o Brasil, porque moramos aqui, e é isso. Estas movimentações financeiras são atípicas sim, mas não ilícitas, porque o MP sabe que vai perder, o juiz já disse que não vai aceitar seu pedido até o David ter uma chance de mostrar as provas.

Estaremos apoiando Glenn Greenwald seu marido David Miranda,  e mais uma vez repetimos, não temos vinculo com nenhum partido político. Hoje a nossa luta é por justiça e principalmente por DEMOCRACIA.

*Viviane Righetti é ativista digital e fundadora do Grupo de Apoio ao Jornalista Glenn Greenwald com mais de 250 mil membros mon Facebook.

5comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias