Glenn

Glenn: se a Globo fizesse jornalismo, e não operação política para o MP, descobriria minha fonte de renda

Jornalista do Intercept critica o grupo Globo pela publicação de um vazamento ilegal sobre seu marido, o deputado federal David Miranda, que apontou

12/09/2019 16h56Atualizado há 6 dias
Por: Folha
Foto Reprodução
Foto Reprodução

O jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept, voltou a criticar a Globo por ter publicado nesta quarta-feira 11 um vazamento ilegal do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre seu marido, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que apontou "movimentações suspeitas" de R$ 2,5 milhões em sua conta.

Glenn já havia publiado um vídeo nas redes sociais afirmando que o vazamento ilegal do MP-RJ era a "retaliação mais óbvia, mais patética, mais falsa até agora em resposta" à Vaza Jato - vazamentos de conversas entre autoridades da Lava Jato divulgados por seu site. Ele disse ainda que Globo e Antagonista não faziam jornalismo, mas sim parceria e propaganda da Lava Jato.

Nesta quinta-feira 12, em resposta a uma postagem da jornalista Cynara Menezes no Twitter, Glenn Greenwald voltou a criticar o veículo por não ter pesquisado a fonte de sua renda e o valor que ele recebe antes de publicar a reportagem. No vídeo, o jornalista explicou do que se trata a movimentação na conta de David Miranda.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias