Jornal Nacional

Vídeo - JN escancara decisão da justiça que manda bloquear parte do salário do deputado golpista Luís Miranda

Assista a reportagem no final da matéria

12/09/2019 21h40
Por: Redação

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região decidiu, nesta quinta-feira (12/09/2019), pelo bloqueio de 30% do contracheque do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). O mandado de penhora foi expedido pela juíza Naiana Carapeba Nery de Oliveira, da 4ª Vara do Trabalho de Brasília (DF). Ele determina que o dinheiro seja retido até que se acumule o valor de R$ 35.553,95 devido a uma ex-funcionária.

No fim do mês de maio, Luis Miranda (DEM) pagou uma dívida trabalhista de R$ 14 mil como tentativa de evitar parte do salário mensal bloqueado. Uma ex-funcionária da empresa FitCorpus, da qual ele era sócio, entrou com uma ação contra o parlamentar em 2012. Entretanto não conseguia receber o valor devido porque a Justiça não encontrava bens do político para serem penhorados. Assim, ela solicitou a penhora da remuneração dele e teve o pedido atendido.

A  Câmara dos Deputados foi notificada no fim de abril e programou o bloqueio para o pagamento de junho, referente à folha de maio de 2019. O salário de R$ 33,7 mil de Luis Miranda passaria a ser de R$ 23,7 mil, uma vez que R$ 10,1 mil iriam para o saneamento da dívida.

Assista a reportagem do Jornal Nacional:

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias