Lava Jato

Auditor da Lava Jato que multou Instituto Lula escondeu R$ 11 milhões na conta da mãe

Daniel Gentil e sua mãe, Sueli Gentil, foram presos nesta quarta-feira (2) com R$ 13,9 milhões depositados em 11 contas bancárias

04/10/2019 10h12
Por: Redação
Fonte: Revista Fórum

O Banco Central informou ao juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio de Janeiro, que o auditor fiscal Daniel Gentil e sua mãe, Sueli Gentil, presos nesta quarta-feira (2), têm R$ 13,9 milhões depositados em 11 contas bancárias. Desse montante, R$ 10,9 milhões estavam na conta de Sueli.

Os valores foram bloqueados por determinação de Bretas, segundo o jornalista Reinaldo Azevedo. Gentil foi preso nesta quarta-feira (2) em uma operação conjunta da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Ele estava na equipe de auditores que promoveram uma devassa nas contas do Instituto Lula, o que resultou em penalidades de mais de R$ 18 milhões.

A família Gentil foi acusada de comandar um esquema de lavagem de dinheiro junto com Marco Aurélio Canal, supervisor nacional da Equipe Especial de Programação da Lava Jato, que também foi preso nesta quinta. Daniel Gentil era subordinado a esse setor.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias