Servidor Público

Bolsonaro discute com Maia fim da estabilidade dos servidores públicos

Jair Bolsonaro teve ontem um encontro fora da agenda com Rodrigo Maia, em que os dois discutiram uma reforma administrativa que contempla o fim da estabilidade dos servidores públicos, que poderiam passar a ser demitidos, em mais uma etapa do choque neoliberal em curso no Brasil

07/10/2019 12h09Atualizado há 1 semana
Por: Folha
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Os servidores públicos, que hoje têm estabilidade no emprego, podem perdê-la se a forma administrativa que começa a ser discutida em Brasília vier a ser aprovada. "Sem constar na agenda oficial, o presidente Jair Bolsonaro se encontrou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na manhã deste domingo no Palácio da Alvorada, para discutir o envio nos próximos dias da reforma da administrativa, que prevê o fim da estabilidade para servidores públicos, e outro texto para a regra de ouro, que, segundo Maia,  terá 'gatilhos para controlar as despesas obrigatórias do governo'", segundo informa a jornalista Naira Trindade, em reportagem publicada no jornal O Globo.

"A reunião foi sobre a pauta, os projetos e a preocupação dele para que se organize a questão da cessão onerosa. Disse que o presidente Davi (Alcolumbre, do Senado) está tocando isso e disse que ia dialogar com senadores e nossos líderes para mostrar que há unidade nas duas Casas, não vai ter conflito de jeito nenhum, com projetos do governo que já estão na Câmara e com os que vão chegar", disse Maia, que não deu mais detalhes sobre a reforma administrativa.

7comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias