Reinaldo Azevedo

'Extrema-direita está se estapeando pela prerrogativa de liderar o obscurantismo e a burrice' diz Reinaldo Azevedo

'A extrema direita hidrófoba nas redes sociais está dividida. Suas celebridades de internet estão se estapeando pela prerrogativa de liderar o obscurantismo, a burrice e a falta de empatia com a maioria dos brasileiros, formada de gente pobre', diz o jornalista Reinaldo Azeveo ao analisar a política de Jair Bolsonaro

11/10/2019 15h36
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

O jornalista Reinaldo Azevedo criticou nesta sexta-feira, 11, a política econômica do ministro Paulo Guedes e disse que os potenciais candidatos a presidente nas eleições de 2022 devem considerar o percentual de pobreza na população. 

"O debate no país consegue ser bem despudorado quando o tema é o rendimento das famílias, não é mesmo? Vejo o escarcéu que se fez com o estudo do Banco Mundial sobre os gastos com o funcionalismo. Os números parecem especialmente perversos porque o rendimento médio do trabalho no país é de R$ 2.300", escreve Azevedo em artigo na Folha de S. Paulo.  O jornalista que quase metade das famílias tem renda de R$ 1.996. 

"O encanto do discurso da direita disruptiva, entendo, já se quebrou. A extrema direita hidrófoba nas redes sociais está dividida. Suas celebridades de internet estão se estapeando pela prerrogativa de liderar o obscurantismo, a vulgaridade, a truculência, a burrice e a falta de empatia com a maioria dos brasileiros, formada de gente pobre", avalia. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias