Ayres Britto

Vídeo - Ayres Britto, ex-STF, condena excessos de Moro e da Lava Jato na GloboNews

Ministro aposentado do Supremo afirmou que “o Intercept veio a revelar coisas inadmissíveis” e que, sob o ponto de vista jurídico, as mensagens devem ser analisadas caso a caso

12/10/2019 11h48
Por: Redação
Fonte: Revista Fórum

Carlos Ayres Britto, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou que houve excessos por parte do ex-juiz Sérgio Moro e da Operação Lava Jato.

“Houve ilegitimidade no proceder. O devido processo legal não foi bem observado”, declarou Ayres Britto, em entrevista ao programa Central GloboNews.

Ainda em relação ao agora ministro da Justiça e sua parcialidade na condução dos processos, o ex-STF afirmou que “o Intercept veio a revelar coisas inadmissíveis” e que, sob o ponto de vista jurídico, as mensagens devem ser analisadas caso a caso.

Ayres Britto deixou claro que cada instituição tem seu papel num processo e a Lava Jato ultrapassou limites constitucionais.

“A polícia investiga. Excepcionalmente, o Ministério Público também, sobretudo no exercício de sua função constitucional de controlar a atividade externa da polícia. Mas o MP denuncia e o Judiciário processa e julga. O Judiciário não pode ser nascente, corrente e foz de um mesmo rio. Não pode fazer as três coisas ao mesmo tempo. E nessa Operação Lava Jato, houve mistura das três coisas”, acrescentou.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias