Ernesto Araújo

Ernesto Araújo distribui livro de Ustra a embaixadores para elaborar palestra sua

A palestra ficou pronta, mas acabou não acontecendo, segundo integrantes do Itamaraty

01/11/2019 15h16
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

A assessoria do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, enviou a diplomatas o livro “A Verdade Sufocada”, do ex-chefe do DOI-CODI, Carlos Alberto Brilhante Ustra, condenado por tortura na ditadura militar. O caso aconteceu há cerca de três meses. O objetivo era embasar uma apresentação que estavam preparando para fazer a países estrangeiros.

A palestra ficou pronta, mas acabou não acontecendo, segundo integrantes do Itamaraty. Na ocasião, o chanceler falaria sobre o Foro de São Paulo, uma reunião de partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina, ao Grupo de Lima, fórum de articulação política criado para acompanhar e crise na Venezuela.

A orientação dada diretamente pelo assessor de Araújo à área encarregada de preparar a palestra era se basear no livro de Ustra para mostrar a história da esquerda no Brasil.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) já se referiu a Ustra como “herói nacional”. Nesta quinta-feira (31), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que o livro do torturador traz a verdade sobre a atuação da esquerda na ditadura militar.

Com informações da coluna de Bela Megale

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias