Paulo Guedes

Servidor filiado a partido é militante e não terá estabilidade, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que servidor público filiado a partido político não terá direito a estabilidade no emprego.

05/11/2019 19h17Atualizado há 4 meses
Por: Redação
Fonte: Uol notícias
1.829

O fim da estabilidade para esse tipo de servidor fará parte da reforma administrativa, que ainda será enviada pelo governo ao Congresso Nacional. As novas regras afetarão apenas novos servidores e devem ser apresentadas pelo amanhã.

“Tem filiação partidária? Não é servidor público. Não vou dar estabilidade para militante. É como nas Forças Armadas: é servidor do Estado”, disse Guedes. A declaração do ministro foi dada durante durante o anúncio de três projetos de reforma na área fiscal e nas regras para a divisão de recursos entre União, estados e municípios.

(…)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio