Governo Bolsonaro

Estoura escândalo do cartão corporativo de Bolsonaro

Na guerra entre Bolsonaro e PSL, o futuro ex-partido do presidente recorre agora aos abusos dele com o famigerado “cartão [de crédito] corporativo” disponível a membros do poder Executivo para gastos sem prévia autorização.

07/11/2019 21h51
Por: Redação
Fonte: Blog da cidadania

Em meio a informações de um nível inédito de gastos nos cartões pelo governo Bolsonaro, deputados do partido do governo argumentam que falta isonomia ao presidente, que critica a sigla e exige a devassa nas contas do partido, mas mantém em segredo o detalhamento de gastos com alimentação e transporte.

Os adversários lembram do moralismo de Bolsonaro com os gastos do cartão quando era deputado e acusam-no, agora, de não querer mais transparência. Por isso, os deputados pesselistas devem recorrer ao Ministério Público Federal para pedir detalhamento dos gastos do governo.

O governo só informa a despesa total da Secretaria de Administração da Presidência da República com os cartões, mas não detalha cada gasto. Só o que se sabe é que, de qualquer forma, os gastos com cartão corporativo explodiram com Bolsonaro.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias