Secretaria da ONU

Secretário-geral da ONU demonstra preocupação com golpe na Bolívia e pede fim da violência

António Guterres diz estar ‘profundamente preocupado’ com a renúncia de Evo Morales e cobra respeito aos direitos humanos

11/11/2019 09h24
Por: Redação
Fonte: Revista Fórum
Foto: Reprodução/ONU
Foto: Reprodução/ONU

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou neste domingo (11) que está “profundamente preocupado com a situação na Bolívia”, especialmente com a renúncia de Evo Morales, e pediu fim da violência no país. Pronunciamento foi feito a partir de seu porta-voz, Stephane Dujarric.

Em nota, Guterres pede a todos os envolvidos na crise do país que se abstenham da violência, para que seja possível “reduzir a tensão e exercer o máximo de contenção”. Ainda, ele pede que todos cumpram com o direito internacional, especialmente os princípios fundamentais dos direitos humanos.

Por fim, o secretário-geral clama para que o país se comprometa a “chegar a uma solução pacífica para a crise atual e garantir eleições transparentes e credíveis”.

O golpe na Bolívia foi consumado neste domingo (10), com a renúncia do presidente Evo Morales após pressão das Forças Armadas e da Defensoria Pública boliviana. Pouco antes de Morales oficializar sua saída do posto, uma série de lideranças do MAS, partido do presidente, também apresentaram renúncia.

Movimentos sociais que defendem o governo do ex-líder sindical boliviano estabeleceram um prazo de 48 horas para que o líder das extrema-direita Luis Fernando Camacho e demais golpistas se retirem de La Paz, capital do país.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias