Sarah Sheeva

Catraca Livre: “Sara Sheeva diz que evangélicos glutões não vão para o céu” e pastora desmente matéria

Sarah disse que irá processar quem reproduzir FakeNews a seu respeito

28/11/2019 14h53Atualizado há 1 semana
Por: Redação
Foto: reprodução Redes Sociais
Foto: reprodução Redes Sociais

O portal Folha Impacto reproduziu uma matéria do Catraca Livre, que acusa a pastora Sarah Sheeva de ter dito que “evangélicos glutões não vão para o céu”. 

A Pastora Sarah Sheeva entrou em contato com um dos editores do Folha Impacto e emitiu a seguinte nota:

A Pastora Sarah Sheeva jamais falaria tal absurdo contra pessoas com obesidade, sendo ela mesma uma pessoa que divulga o quanto já sofreu com obesidade, e sendo de uma igreja onde o pastor dela é obeso. Quem publicou essa mentira foi um outro site intitulado "gospel", e esse retirou e se retratou. O catraca estava apenas reproduzindo. Acredita-se que esse tal site que inventou a mentira seja de um grupo que persegue alguns pastores, principalmente aqueles que tem a postura não-comercial como a Pastora Sarah Sheeva. Não tem sentido tal afirmação maldosa. Além disso a entrevista da qual o tal site retirou a falsa informação foi feita há 6 anos atrás, e estava publicada no próprio canal da Pastora. Se ela tivesse afirmado algo tão absurdo, ela jamais colocaria em seu próprio canal.

O Catraca Livre afirmou que “Sarah Sheeva foi responsável por uma declaração polêmica em que crentes gordos” não irão para o céu. Disse que em entrevista, a filha de Baby Consuelo justificou a obesidade como indício de um pecado capital (glutonaria), que seria condenado pela Bíblia”. 

“As pessoas que se convertem, nasceram de novo aqui no espírito, e pensam que deixam de ter corpo e alma. Aí eu te pergunto: porque tem tanto crente gordo?”, disse. A reflexão da pastora seguiu na crítica de que a obesidade foi condenada em contexto bíblico. “[Obesidade] é pecado grave na Bíblia. É um pecado bíblico que diz que a gente vai pro inferno. A glutonaria leva a gente para o inferno. Tem gente que acha que é um exagero, mas comer com a alma é uma idolatria. Você fazer tudo que você quer”, complementou.

A pastora desmentiu a matéria do Catraca Livre e disse ainda que a palavra usada em seu vídeo é teológica: ‘glutonaria’ e não ‘obesidade’ como informa o Catraca Livre. “Mencionar a palavra errada deturpa o conteúdo”, conclui Sarah.

Sarah afirmou ainda em um vídeo publicado em seu Instagram dizendo que irá processar quem reproduzir FakeNews a seu respeito.

Assista:

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias