Jair Bolsonaro

Mais de um terço dos seguidores de Bolsonaro são robôs, aponta levantamento de Joice Hasselmann

O dossiê apresentado pela ex-líder do governo na CPMI das Fake News mostra que Bolsonaro tem mais de 1 milhão de robôs como seguidores

04/12/2019 17h37
Por: Redação
Fonte: Revista Fórum

O dossiê apresentado pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News nesta quarta-feira (4) expôs  dados de que o presidente Jair Bolsonaro tem, pelo menos, 1,4 milhão de robôs como seguidores. Isso representa mais de um terço dos 5,4 milhões de seguidores do ex-capitão.

Utilizando um aplicativo da ferramenta Botometer, descrito como uma “metodologia desenvolvida por cientistas de dados da Universidade de Indiana EUA para identificar robôs”, Hasselmann revelou que ao menos 38% dos seguidores do presidente Jair Bolsonaro são robôs. O número absoluto dos bots se aproxima da quantidade de seguidores de Fernando Haddad, candidato do PT derrotado no segundo turno nas últimas eleições.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho “03” do presidente, também é beneficiado pelas contas fake. Dos seus 1,7 milhão de seguidores, 468 mil são robôs. A conta recém-criada do Aliança Pelo Brasil, partido pretendido pelo ex-capitão, também conta com fake nas suas fileiras – 26 mil.

As características dos bots são: “Perfil: pouca personalização do perfil, sem foto, idioma, localização, etc; Padrão social: sem conteúdos originais, retwittam conteúdos vindos de poucos perfis; Atividade: seguem o mesmo padrão de atividade, atuando em conjunto, ao mesmo tempo, com o mesmo conteúdo, em enorme quantidade em curto período”.

Os slides mostram ainda a estrutura do “Gabinete de Ódio”, comandado por Carlos Bolsonaro, e explicam também como funciona o “mecanismo”, isto é, a hierarquia da rede de fake news. Segundo a deputada, quem determina o alvo das notícias falsas é Eduardo Bolsonaro.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias