Sexta, 14 de Agosto de 2020
51993949307
Geral Porta dos Fundos

Na véspera de Natal, produtora do Porta dos Fundos é atacada com coquetel molotov

Bombas foram atiradas contra a sede da produtora do grupo de humor no Rio em meio aos ataques virtuais contra seus integrantes após protagonizarem um especial de Natal que retrata um Jesus Cristo homossexual

24/12/2019 17h53
Por: Redação Fonte: Revista Fórum
Na véspera de Natal, produtora do Porta dos Fundos é atacada com coquetel molotov

Nem mesmo o “espírito natalino” cessou os atos de ódio no Brasil. Na madrugada desta terça-feira (24), véspera de Natal, a sede da produtora do Porta dos Fundos, no bairro Humaitá, no Rio de Janeiro, foi alvo de um ataque a bomba. Dois coquetéis molotov foram atirados no interior do prédio da produtora do grupo de humor.

Via assessoria de imprensa, o Porta dos Fundos informou que, se não fosse a presença de um segurança, a sede da produtora certamente seria incendiada. Em nota, o grupo humorístico afirmou que “condena qualquer ato de ódio e violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades, para o Secretário de Segurança, e espera que os responsáveis pelos ataques sejam encontrados e punidos”. Além disso, ressaltou que seguirá em frente “mais unido, mais forte e mais inspirado pela liberdade de expressão”.

Continua depois da publicidade

Ainda não há pistas sobre os suspeitos de terem encampado o ataque.

Especial de Natal

Continua depois da publicidade

Disponível na Netflix, o especial de Natal do Porta dos Fundos, que tem entre seus integrantes atores como Gregório Duviver e Fábio Porchat, despertou a ira de bolsonaristas e fundamentalistas religiosos por retratar, ironicamente, um Jesus Cristo homossexual.

A produção audiovisual chegou, inclusive, a ser alvo de petições e ações na Justiça.

Na última sexta-feira (20), uma juíza negou um pedido para que o especial de Natal fosse retirado do ar. “Seria inequivocamente censura”.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias