Véio da Havan

Véio da Havan oferece cem mil reais por 'terrorista' que incendiou estátua da liberdade

Em vídeo, fantasiado, Hang avisa que fará 'como se fazia no velho Oeste. Para pegar o bandido o xerife dava recompensa'

10/01/2020 10h53
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

O empresário Luciano Hang, conhecido como véio da Havan, se vestiu de xerife e produziu um filme onde oferece cem mil reais a quem pegar o “terrorista” que incendiou a estátua da liberdade da unidade de sua loja em São Carlos (SP).

No vídeo, postado nesta sexta-feira (10), Hang avisa que fará “como se fazia no velho Oeste. Para pegar o bandido o xerife dava recompensa”, diz fantasiado como o próprio.

De acordo com ele, “está provado pela polícia que foi um incêndio criminoso”.

Fogo

A réplica da Estátua da Liberdade da unidade de São Carlos (SP), símbolo da rede Havan, ficou totalmente destruída após pegar fogo na manhã do último dia de 2019. As chamas começaram por volta das 5h e demoraram 20 minutos para serem controladas por duas equipes.

“Terrorismo”

Hang afirmou em vídeo divulgado no mesmo dia que foi “vítima de terrorismo”. “Isso mesmo. Tocaram fogo na nossa estátua da Liberdade. Querem nos calar. Não têm proposta. Não têm argumentos. E por isso partem para a agressão física”, disse Hang, que insinuou. “Colocaram fogo em propriedade privada. Você sabe quem faz essas coisas”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias