Bolsonaro

Boulos: Bolsonaro usava dinheiro público pra ‘comer gente’ e agora quer campanha de abstinência sexual no carnaval

Damares Alves pretende fazer campanha no carnaval para estimular a "conscientização das consequências" de uma relação sexual na adolescência

15/01/2020 15h54
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

A campanha de abstinência sexual do governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido), que pode ser implantada no carnaval pela ministra da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ganhou comentário do líder do MTST, Guilherme Boulos.

Ele lembra que Bolsonaro usava dinheiro público do auxílio moradia pra ‘comer gente’ e agora quer uma campanha de abstinência sexual.

Em janeiro de 2018, o então deputado Bolsonaro perdeu a cabeça durante entrevista à Folha. Ao responder sobre o uso indevido do auxílio-moradia,  ele respondeu: “Como eu estava solteiro naquela época, esse dinheiro de auxílio moradia eu usava pra comer gente, tá satisfeita agora ou não? Você tá satisfeita agora?”

De acordo com Boulos, “é o encontro do moralismo medieval com a hipocrisia do baixo clero”.

“O governo do presidente que usava dinheiro público do auxílio moradia pra ‘comer gente’ quer uma campanha de abstinência sexual para os jovens durante o carnaval. É o encontro do moralismo medieval com a hipocrisia do baixo clero.”

Campanha de abstinência

De acordo com a coluna de Guilherme Amado, na revista Época, as peças publicitárias, que seriam veiculadas já em fevereiro, tentariam aproveitar a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, nos primeiros dias do mês, para estimular a “conscientização das consequências” de uma relação sexual na adolescência.

Em nota, o Ministério da Família e dos Direitos Humanos afirmou que o mote da campanha ainda não está definido, uma vez que sua realização está em estudo. De qualquer maneira, segundo o ministério, não será abandonada a ação que estimula o uso de preservativos no período de Carnaval.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias