Quinta, 01 de Outubro de 2020
51993949307
Geral Sérgio Moro

Moro quer monitorar esgoto para combater as drogas

Ministério da Justiça vai investir R$ 10 milhões no projeto "Cloacina"

23/01/2020 14h41
Por: Folha
Arquivo Web
Arquivo Web

Em novo capítulo da política de “guerra às drogas” do governo federal, o ministro da Justiça, Sergio Moro, vai investir R$ 10 milhões no monitoramento do esgoto dos brasileiros para radiografar o consumo das substâncias no país. O objetivo do projeto Cloacina, feito em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), é de ajudar as polícias na identificação das rotas do tráfico.

O projeto começará nas cidades Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR). A ideia de Moro, no entanto, é expandir o campo de coleta para até 18 municípios em quatro anos.

Continua depois da publicidade

O Ministério da Cidadania vai atuar de forma semelhante, mas com menor orçamento e escopo. As pastas dividem políticas sobre drogas, mas a de Moro centra na questão do combate à oferta, e a de Osmar Terra, no consumo.

A política dura do governo de Jair Bolsonaro contra às drogas é uma bandeira que Moro constantemente reforça em suas redes sociais. É comum, por exemplo, o ministro divulgar fotos de bens apreendidos do tráfico. Parte deles são leiloados ou reutilizados como instrumentos de repressão das próprias polícias.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias