Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro repete o pai e manda da tribuna uma 'banana' para parlamentares

O filho do presidente se irritou com deputadas que criticaram Bolsonaro por seus ataques misóginos a Patrícia Campos Mello

19/02/2020 09h29
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se irritou nesta terça-feira (18) com parlamentares mulheres que fizeram uma nota de repúdio ao presidente Jair Bolsonaro por seus ataques misóginos à repórter Patrícia Campos Mello. Eduardo então subiu à tribuna e, seguindo os mesmos trejeitos do pai, fez uma “banana” às deputadas.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, o ataque do filho do presidente veio logo depois da líder do PSOL na Câmara, Fernanda Melchionna (RS), chamar Bolsonaro de “machista”. Ao ler a nota de repúdio a Bolsonaro, a deputada disse que falava em nome das mulheres brasileiras “desrespeitadas por um presidente machista que ataca a liberdade de imprensa”.

Além da “banana”, Eduardo também tentou desqualificar as deputadas citando uma fala do ex-presidente Lula, em 2016. “Esse tipo de discurso também revolta. A deputada diz que fala em nome das mulheres. Calma aí. Será que não tem mulher aqui comigo não? Uma banana, em nome das mulheres. Uma banana! Quero saber onde elas estavam quando o Lula falou em mulheres de grelo duro”, questionou Eduardo na tribuna na Câmara, acompanhado de deputados do PSL, homens e mulheres.

Em entrevista na manhã desta terça-feira (18), quando voltou a falar com jornalistas, Bolsonaro fez ilações sobre uma suposta ligação da repórter da Folha, Patrícia Campos Mello “com o PT” e ironizou as fake news propagadas pela milícia virtual sobre o depoimento de Hans River.

“Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, ironizou Bolsonaro, provocando risos em apoiadores que acompanharam a entrevista.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas