Governo Bolsonaro

Bolsonaro ligou para filho de Regina Duarte para interferir em nomeações da mãe

Em claro sinal de machismo e de que usa a ex-global como peça de marketing, Bolsonaro procurou filho de Regina Duarte para direcionar nomes na Cultura. Insatisfeito, cancelou nomeação para o comando da Diversidade em menos de 24 horas

10/03/2020 09h18
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

A cada dia, informações que emergem dos bastidores do Planalto revelam que Jair Bolsonaro colocou Regina Duarte no governo como peça-chave de marketing bem mais do que como gestora do setor cultural.

Informações de Bela Megale, na edição desta terça-feira (10) do jornal O Globo, revela que Bolsonaro ligou para o filho da atriz, André Franco Duarte, para tentar interferir nas nomeações da secretaria da Cultura.

Segundo a jornalista, o presidente ligou para o filho de Regina para que ele falasse para a mãe priorizar nomes de perfil conservador, alinhados às pautas do governo.

André, que fez a ponte da mãe com o presidente, teria dito para que Bolsonaro falasse diretamente com a ex-global. “Presidente, fale com a minha mãe no tom que o senhor está falando comigo”, teria dito, segundo interlocutor ouvido pelo O Globo.

Nesta segunda-feira (9), Bolsonaro mostrou insatisfação com uma das primeiras nomeações de Regina Duarte, anulando menos de 24 horas depois a nomeação da assistente social Maria do Carmo Brant de Carvalho para o comando da secretaria de Diversidade Cultural.

Sócio e conselheiro da mãe, André Duarte é bolsonarista ferrenho e acompanhou a mãe em sua negociação com o governo para ocupar a Secretaria Nacional de Cultura.

Aos 49 anos, André também é sócio de Regina em duas empresas de produções artísticas, cujo capital social declarado é de R$ 105 mil. Na Plateia Producoes Artisticas Ltda, André é sócio da mãe desde 1977, ou seja, quando completou 7 anos de idade.

Depois, entraram na sociedade os irmãos Gabriela Duarte, também filha do pai de André, Marcos Franco, e João Gomez, fruto de outro relacionamento de Regina. Os quatro ainda são donos da A Vida E Sonho Produções Artísticas Ltda, aberta em 1993.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas