Coronavírus

Segurança de Bolsonaro é internado em estado grave com coronavírus

Ari Celso Rocha Lima de Barros, de 39 anos, foi internado no Hospital de Base, no DF. Ele não estava na comitiva que viajou com Bolsonaro aos EUA

26/03/2020 15h00
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

Ari Celso Rocha Lima de Barros, de 39 anos, que trabalha como segurança de Jair Bolsonaro foi internado na noite desta quarta-feira (25) no Hospital de Base, no Distrito Federal, e está em estado grave.

Ele é capitão da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e foi diagnosticado com a doença em 18 de março. Desde então, cumpria isolamento domiciliar. Mas, segundo a família, o quadro piorou.

“Ontem se sentiu mal e foi internado no Hospital de Base”, disse a mãe do segurança, dona Julmar Rocha de Lima de Barros, ao site Metrópoles. Ela confirmou que o filho “sempre” viaja com Bolsonaro. “E eu acredito que esse vírus ele adquiriu nessas viagens que fez”.

No entanto, ele não estava na comitiva que viajou com Bolsonaro aos Estados Unidos, onde ao menos 24 membros foram contaminados.

Com a confirmação desse caso, subiu para 25 o número de pessoas próximas ao presidente que testaram positivo para o novo coronavírus. A maioria dos infectados foi com ele na viagem aos Estados Unidos, no início do mês, quando se encontrou com o mandatário americano, Donald Trump.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas