Convid-19

Coronavírus sofre mutações no Brasil e reforça necessidade de quarentena

Sequenciamento genético feito por cientistas brasileiros aponta que o novo coronavírus sofreu mutações desde que chegou ao país. Mutações reforçam a necessidade de medidas como a quarentena, o que vem sendo negado por Jair Bolsonaro sob a justificativa de que a covid-19 é apenas uma “gripezinha”

26/03/2020 21h49
Por: Folha
Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

O sequenciamento genético do novo coronavírus, feito em tempo recorde por cientistas brasileiros em pacientes das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, apontam que o vírus já sofreu mutações no país que apontam características distintas dos coronavírus introduzidos. Para os especialistas, as mutações reforçam a necessidade de medidas como a querentena, o que vem sendo negado por Jair Bolsonaro alegando que não se pode deixar o país quebrar por causa de uma “gripezinha”. 

De acordo com reportagem do jornal O Globo, o trabalho de vigilância genética viral mapeou os vírus de 19 pacientes em hospitais do, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Ao todo, 17 vírus foram identificados como sendo de origem europeia e os outros dois de origem asiática. 

“Nosso trabalho reforça a importância do isolamento social e da testagem para conter a transmissão da Covid-19 no Brasil. São as armas que temos agora. Não teremos vacina ou remédios prontos a tempo de salvar as vítimas dessa pandemia”, diz um dos coordenadores da pesquisa, Renato Santana, do Departamento de Genética, Ecologia e Evolução da UFMG. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas