Segunda, 17 de Maio de 2021
51993949307
Esportes Flamengo

Em reunião virtual, Conselho Fiscal do Flamengo encaminha parecer positivo para contas de 2019

Conselho Deliberativo deve ser consultado na próxima semana para votar, por e-mail, as contas. Ideia é concluir processo até o prazo de 30 de abril, como prevê o estatuto

23/04/2020 02h26
Por: Redação Fonte: Globo
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Conselho Fiscal do Flamengo se reuniu nesta quarta-feira, de maneira virtual, para começar a redigir o parecer das contas de 2019 do clube, que será positivo.

Os membros do conselho preparam ainda uma recomendação para o clube tratar uma ressalva apontada no balanço de 2019 pela auditoria independente (veja abaixo na matéria), além de observações sobre os procedimentos com relação à pandemia de coronavírus.

Continua depois da publicidade

O parecer positivo, após ser redigido, deve ser enviado nesta quinta-feira aos membros do Conselho Deliberativo. A ideia é que o CODE vote as contas na próxima semana. Como não é possível reunir todos os conselheiros pessoalmente, a tendência é de que a consulta seja feita por e-mail.

O objetivo é respeitar o estatuto do clube, que prevê a aprovação das contas do ano anterior até o dia 30 de abril.

Continua depois da publicidade

A ressalva no balanço

O balanço do Flamengo de 2019 foi auditado pela Ernest & Young. A auditoria deu parecer positivo, mas fez uma ressalva, em relação aos critérios utilizados pelo Flamengo para calcular a capitalização dos gastos feitos em atletas de formação. Este é o tema que o Conselho Fiscal vai abordar. Diz o parecer:

"Conforme descrito na nota explicativa 8, o Clube possui gastos diretamente relacionados com a formação de atletas, registrados em seu ativo intangível, sob a referência “Atletas em formação”, no montante de R$ 44.123 mil, em 31 de dezembro de 2019. Não obtivemos evidência suficiente que suportasse os critérios de capitalização desses gastos, bem como a mensuração do valor recuperável do referido ativo intangível; consequentemente, não foi possível concluirmos sobre a adequação do referido saldo nas demonstrações financeiras".

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias