Sábado, 24 de Outubro de 2020
51993949307
Esportes Futebol

Após retomada do futebol na China, Hulk se diz aliviado com "situação tranquila" no país

Atacante do Shanghai SIPG já voltou às atividades no clube, inclusive, fazendo trabalho com bola. Apesar disso, o Campeonato Chinês ainda não tem previsão para começar a temporada

02/05/2020 01h56
Por: Redação Fonte: GloboEsporte
Após retomada do futebol na China, Hulk se diz aliviado com

A China foi o primeiro epicentro do novo coronavírus, isso aconteceu ainda no fim do ano passado. Mas, quase cinco meses depois, o local vai voltando a ter uma rotina "normal". O atacante Hulk, do Shanghai SIPG, relatou em entrevista exclusiva ao GloboEsporte como vem sendo a vida novamente no país asiático e também comentou sobre o retorno aos treinamentos no clube.

Quando Hulk deixou Xangai, em fevereiro, para ficar de quarentena no Brasil, a China vivia uma turbulência com a doença. Mas o paraibano revela que hoje "a situação está bem mais tranquila". Um indício que reforça a opinião do jogador é justamente o fato dos clubes terem voltado a treinar. A nação, onde começou a pandemia, tem atualmente 77.642 recuperados e 4.463 mortes.

Continua depois da publicidade

- Hoje já estamos meio que tudo voltou ao normal. Temos que tomar nossas precauções. Para sair na rua e se tiver aglomeração temos que usar máscara. Procuro sempre ficar com álcool em gel na mão também para ficar usando quando tenho contato com algumas coisas. Mas aqui já está bem mais tranquilo, diferente de quando saímos em fevereiro. Hoje já vejo tudo funcionando normal, como os restaurantes. A gente vê o quanto foi importante o trabalho do governo chinês. Eles conseguiram ter o controle de tudo. O resultado veio muito rápido, graças a Deus. Fico torcendo para que o mundo inteiro possa vencer essa situação delicada e triste. Peço a Deus para que dê força a todos para ultrapassar o mais rápido possível - comentou.

Hulk voltou a treinar no Shanghai SIPG . Inclusive, ele já vem tendo contato direto com os companheiros de clube e faz até trabalhos com bola. O atacante estava sentindo falta da rotina.

Continua depois da publicidade

- Já estava com muita saudade de voltar a trabalhar e ter contato com a bola. Saudade de rever meus companheiros de equipe, que é a nossa segunda família. Passamos muito tempo juntos e devido tudo isso que aconteceu, a gente ficou muito tempo sem ter como nos ver. Fiquei muito feliz por estar tudo voltando ao normal aqui. Treinar e ter contato normal com meus companheiros. Isso está sendo muito bom. O nosso treinador é um técnico que gosta muito de trabalhar com bola. Mesmo quando é físico, ele procura fazer com bola também. Acho muito interessante e acaba incentivando mais o jogador a trabalhar o físico. Tivemos um contato com bola de imediato, claro, tomando as precauções. Ficamos muito tempo sem bater na bola e tem que voltar aos poucos.

O jogador também relembrou a chegada à China. Hulk desembarcou no aeroporto de Pudong, em Xangai, 10 minutos antes do fechamento da fronteira para estrangeiros. Ao lado do meia Oscar, companheiro no clube, ele viajou em um voo fretado.

 

Continua depois da publicidade

- Foi uma situação tensa, mas graças a Deus conseguimos chegar a tempo. Passar tudo direitinho, fazer nosso controle, fazer o teste e ficar de quarentena. Englobou tudo. Graças a Deus foi tudo com sucesso e tranquilo. Bem sossegado.

Por enquanto, Hulk ainda não sabe quando vai começar o Campeonato Chinês. O atacante enfatizou a cobrança desde a chegada no Shanghai SIPG em busca de títulos. Desta vez, acredita que não será diferente e sem o início estar programado fica ansioso para entrar em campo.

O camisa 10 tem 138 jogos, 86 gols e 47 assistências no Shanghai SIPG. Na temporada 2018 foi campeão chinês e no ano passado levantou o troféu da Supercopa.

Continua depois da publicidade

- Quando entramos em uma competição já somos cobrados para ser campeões, ficar lá na frente. Mas isso tudo respeitando sempre os adversários. A gente não sabe quando vai começar a temporada, apesar de estar correndo tudo dentro do normal. Ainda não tem uma data certa. Ficamos naquela ansiedade para começar a jogar, competir sério, mas ao mesmo tempo a gente compreende que a situação precisa ser bem cautelosa. Voltar quando tiver tudo bem para não ter risco a ninguém. Espero que as pessoas possam ir ao estádio e vibrar com o futebol. Muita gente se encontra e tem alegria através do futebol. Pedimos para que volte o quanto antes, mas com segurança para todos - finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias