Sábado, 24 de Outubro de 2020
51993949307
Política Agressão

Jornalistas do Estadão são agredidos com socos e pontapés por apoiadores de Bolsonaro em Brasília

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro agrediram com chutes, murros e empurrões a equipe de profissionais do Estado que acompanha uma manifestação pró-governo realizada neste domingo, 3, em Brasília.

03/05/2020 14h20 Atualizada há 6 meses
Por: Folha
Jornalistas do Estadão são agredidos com socos e pontapés por apoiadores de Bolsonaro em Brasília

Do Estadão:

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro agrediram com chutes, murros e empurrões a equipe de profissionais do Estado que acompanha uma manifestação pró-governo realizada neste domingo, 3, em Brasília. O fotógrafo Dida Sampaio registrava imagens do presidente em frente a rampa do Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios, numa área restrita para a imprensa quando foi agredido.

Continua depois da publicidade

Clique aqui e se inscreva no nosso canal! Nos ajude a fortalecer nossa luta contra o governo Bolsonaro.

Sampaio usava uma pequena escada para fazer o registro das imagens quando foi empurrado duas vezes por manifestantes, que desferiram chutes e murros nele. O motorista do jornal, Marcos Pereira, que apoiava a equipe de reportagem também foi agredido fisicamente com uma rasteira. Os manifestantes gritavam palavra de ordem como “fora Estadão”.

Continua depois da publicidade

Os dois profissionais precisaram deixar o local rapidamente para uma área segura e procuraram o apoio da polícia militar. Eles deixaram o local escoltados pela PM. Os profissionais passam bem. Os repórteres Júlia Lindner e André Borges, que também acompanham a manifestação para o Estadão, foram insultados, mas sem agressões.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias