Terça, 04 de Agosto de 2020
51993949307
Política Erro crasso

Juiz do inventário de Marisa admite ter confundido R$ 256 milhões e R$ 26 mil

Carlos Henrique André Lisbôa confundiu um investimento automático em CDBs com valor nominal de debêntures

08/05/2020 18h19
Por: Folha
Juiz do inventário de Marisa admite ter confundido R$ 256 milhões e R$ 26 mil

O juiz Carlos Henrique André Lisbôa, da 1ª Vara da Família e das Sucessões de São Bernardo do Campo, admitiu ter confundido o valor de investimentos de Marisa Letícia, ao questionar a família Lula sobre supostas aplicações de R$ 256 milhões de Marisa no banco.

Lisbôa confundiu um investimento automático em CDBs com valor nominal de debêntures que o próprio havia reconhecido que Marisa não tinha a partilhar.

Continua depois da publicidade

O magistrado reconheceu em decisão desta quinta-feira que os CDBs eram de R$ 26 mil.

"O inventariante se manifestou por meio da petição de fls. 573/576 e juntou o extrato de fls. 577/584. Restou demonstrado que o investimento que a falecida possuía no Banco Bradesco tem saldo líquido de R$26.282,74 (fls. 578) e que ele não é regulamentado pelos contratos acostados a fs. 394/427 e 428/468. A questão, portanto, está devidamente esclarecida", escreveu o juiz.

Continua depois da publicidade

Segundo o juiz, que não pediu desculpas pelo erro, os ataques ocorridos a partir do erro dele, a exemplo das fake news espalhadas por Eduardo Bolsonaro e Regina Duarte, deverão, caso os atingidos desejem, ser alvo de ações em separado na Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias