Terça, 26 de Maio de 2020
51993949307
Geral Janaína Paschoal

Janaína Paschoal diz que Bolsonaro é uma pessoa muito recalcada: “Ele podia renunciar, né?”

As pessoas mais ponderadas, mais racionais, que o apoiaram e ainda torcem por ele, e eu me coloco entre essas pessoas, ficam numa situação difícil para defender. Porque é muita loucura, afirmou Janaína

19/05/2020 10h44
Por: Folha Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP), que chegou a ser cotada para ser vice na chapa do atual presidente, disse que Jair Bolsonaro é uma “pessoa muito recalcada” e ressalta que, por ser mais “ponderada e racional”, tem dificuldades em entender a “loucura” do governo.

“Eu sinto o presidente como uma pessoa muito recalcada. Eu acho que ele apanhou muito na vida. […] E aí ele venceu. Parece que ele está sempre querendo mostrar para todo mundo que ele chegou lá, que ele não deve satisfações”, disse, em entrevista à Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (18).

“As pessoas mais ponderadas, mais racionais, que o apoiaram e ainda torcem por ele [Bolsonaro], e eu me coloco entre essas pessoas, ficam numa situação difícil para defender. Porque é muita loucura”.

Uma das autoras do pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT), Janaína diz não ver motivos para impedir Bolsonaro no momento, mas afirma que o capitão perdeu a condição de continuar como presidente.

“Quando é que o país vai ter um pouco de estabilidade, de tranquilidade? Mantendo esse comportamento, ele não tem condição [de continuar presidente]”, prosseguiu, ressalvando que falta de condição não é sinônimo de crime, o que ensejaria um impeachment. “Ele podia renunciar, né? Ele insiste nos erros”, disse

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias