Terça, 26 de Maio de 2020
51993949307
Geral Lula

Lula pede desculpas após frase desastrosa sobre o coronavírus

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira que a Covid-19 está demonstrando a necessidade da presença do Estado. 'Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus.' Na quarta, o petista se desculpou, afirmando que a frase 'foi infeliz'.

20/05/2020 16h09 Atualizada há 6 dias
Por: Folha Fonte: O Globo
Arquivo Web
Arquivo Web

Em transmissão ao vivo nesta terça-feira, o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o novo coronavírus tem como impacto positivo o enfraquecimento de teses defendidas por adeptos à agenda do liberalismo econômico, cuja pedra angular consiste em interferências quase nulas do Estado na economia de uma nação. Paulo Guedes, ministro da Economia do governo do presidente Jair Bolsonaro, é alinhado a essa doutrina. Lula chegou a afirmar que "ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus". Nas últimas 24h, o Brasil registrou 1.179 mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo vírus.

A declaração do ex-presidente ocorreu durante uma iniciativa promovida pela revista "Carta Capital" por meio de videochamada, ainda nos primeiros minutos de transmissão.

— Eu, quando eu vejo os discursos dessas pessoas falando... Quando eu vejo essas pessoas acharem que tem que vender tudo que é público e que tudo que é público não presta nada... Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o estado é capaz de dar solução a determinadas crises — afirmou Lula, comparando o momento atual com aquele atravessado em 2008, com a crise financeira global.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias