Terça, 26 de Maio de 2020
51993949307
Geral Cloroquina

Novo protocolo da Saúde que libera cloroquina não tem assinatura de responsáveis médicos

Texto tem apenas a informação de que trata de 'orientações' do Ministério da Saúde; documento anterior tinha lista de profissionais médicos que auxiliaram na sua elaboração

21/05/2020 15h56
Por: Folha Fonte: O Globo
Arquivo Web
Arquivo Web

O novo protocolo do Ministério da Saúde para liberar o uso da cloroquina até mesmo em pacientes contaminados por Covid-19 em sintomas leves não é assinado por nenhum técnico ou médico colaborador. O texto divulgado tem apenas a informação de que trata de "orientações do Ministério da Saúde para tratamento medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da Covid-19".

O primeiro documento sobre tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus foi divulgado pelo Ministério da Saúde em 6 de abril de 2020 e restringia o uso da cloroquina apenas para pacientes hospitalizados e em estágio grave da doença. O documento foi elaborado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde - SCTIE.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias