Terça, 14 de Julho de 2020
51993949307
Geral STF

Com medo das investigações, Bolsonaro ataca ministros do STF

Presidente transforma Celso de Mello e Alexandre de Moraes em alvos

25/05/2020 15h58 Atualizada há 2 meses
Por: Folha Fonte: Conversa Afiada
Arquivo Web
Arquivo Web

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) terá como alvos para seus ataques os ministros Celso de Mello e Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

No último domingo (24/V), o presidente publicou um trecho da lei de abuso de autoridade, no que foi entendido como um ataque direto à corte.

Continua depois da publicidade

“Art. 28. Divulgar gravação ou trecho de gravação sem relação com a prova que se pretenda produzir, expondo a intimidade ou a vida privada ou ferindo a honra ou a imagem do investiga ou acusado: pena – detenção de 1 (um) a 4 (quatro) anos”, mostrou a postagem.

De acordo com a Folha de S.Paulo, Bolsonaro esboça uma estratégia de reação com assessores e aliados.

Continua depois da publicidade

Celso de Mello é o relator do inquérito que apura se houve interferência política do presidente em investigações da Polícia Federal. Já Moraes relata o inquérito sigiloso aberto para apurar ameaças, ofensas e fake news disparadas contra os integrantes do tribunal e seus familiares.

O presidente, de acordo com o jornal, considera ambos antibolsonaristas e assim tenta transformar a questão institucional em problema pessoal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias