Sexta, 10 de Julho de 2020
51993949307
Geral Weintraub

Weintraub cometeu fraude migratória e pode ser deportado, afirma especialista

Leonardo Freitas, especialista em migração e ex-agente federal do governo norte-americano, afirma que Abraham Weintraub cometeu “fraude migratória” ao sair do Brasil rumo aos Estados Unidos com um passaporte diplomático sabendo que seria exonerado do Ministério da Educação.

22/06/2020 12h37
Por: Folha Fonte: DCM
Arquivo web
Arquivo web

Leonardo Freitas, especialista em migração e ex-agente federal do governo norte-americano, afirma que Abraham Weintraub cometeu “fraude migratória” ao sair do Brasil rumo aos Estados Unidos com um passaporte diplomático sabendo que seria exonerado do Ministério da Educação. Como consequência, ele poderá ser investigado pelas autoridades estadunidenses e deportado.

“Realmente configura o que a gente chama de fraude migratória. A pessoa que entra nos Estados Unidos da América, ela tem que mostrar o motivo a que veio. E isso foi burlado através do uso do passaporte diplomático e de um visto diplomático chamado A2”, disse Freitas à CNN Brasil na manhã desta segunda (22).

Continua depois da publicidade

Segundo o especialista, o passaporte diplomático foi cancelado no minuto em que a exoneração de Weintraub saiu no Diário Oficial da União, e o visto A2 “não confere imunidade diplomática pura e plena, ele simplesmente confere imunidade parcial”, disse. “Apenas aqueles munidos do visto A1 têm imunidade total e plena”, acrescentou em entrevista à rádio CBN.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias