Terça, 07 de Julho de 2020
51993949307
Geral Gabinete Gospel

Gabinete gospel: Membros da Assembleia de Deus do Rio já receberam mais de R$ 700 mil de deputado bolsonarista

O deputado federal Otoni de Paula é pastor da igreja evangélica e lidera unidades da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro há 22 anos, segundo sua própria biografia.

29/06/2020 09h01 Atualizada há 1 semana
Por: Folha Fonte: DCM
Arquivo web
Arquivo web

O deputado federal Otoni de Paula é pastor da igreja evangélica e lidera unidades da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro há 22 anos, segundo sua própria biografia.

Conforme foi revelado pelo Globo, o deputado já gastou mais R$238,5 mil de dinheiro público com a Aplicanet Informática, empresa acusada de disparo indevido de mensagens durante eleições. 

Continua depois da publicidade

Ocorre que o dono da empresa, Alan dos Santos, é da mesma igreja do pastor: a Assembleia de Deus.

Mas a predileção do deputado por evangélicos não para por aí.

Continua depois da publicidade

Além de sua cota parlamentar, Otoni investe parte de sua verba de gabinete em fiéis da igreja evangélica.

Pelo menos 5 de seus secretários de gabinete são membros da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro.

Charles Luiz de Moraes

Continua depois da publicidade

Pastor da Assembleia de Deus de Nova Itaguaí, recebe mensalmente R$1631,72 como secretário parlamentar de Otoni.

Marcos Dias Borges (ou Marcão Borges)

Continua depois da publicidade

Fiel da Assembleia de Deus, recebe mensalmente R$9314,91 como secretário parlamentar.

Já foi chefe de gabinete de Otoni de Paula quando era vereador no Rio de Janeiro.

Hoje, Marcão é pré-candidato ao antigo cargo do chefe.

Leonardo e Leandro Argenti

Irmãos Argenti com pastor evangélico da Assembleia de Deus. Foto: Reprodução/Facebook

Irmãos que trabalham no gabinete de Otoni de Paula desde o início do mandato, em 2019.

O primeiro recebe R$3219,41 e o irmão, R$8655,25 por mês.

Ambos são fiéis da Assembleia de Deus e Leandro Argenti, bolsonarista, participa de manifestações com o filho do deputado.

Leandro Argenti e o filho de Otoni, Israel, em ato golpista. Foto: Reprodução/Facebook

Eleomar Ribeiro

Teólogo e pastor da Assembleia de Deus, recebe R$1086,54 mensalmente.

Ele é amigo da família de Otoni e o conhece desde criança, segundo o próprio deputado.

Foi candidato a vereador pelo Rio em 2012 e é pré-candidato a vereador do Rio, apoiado pelo deputado.

Thiago Felix

Acompanha o deputado em cultos evangélicos e recebe R$6676,29, a maioria das fotos de Otoni em igrejas foram tiradas pelo atual secretário, que o acompanha há, pelo menos, 5 anos.

No total, Otoni de Paula tirou de dinheiro público e deu para membros da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro cerca de R$711.797,00.

Esse valor é cerca de 32% dos R$ 2.221.208,22 da cota parlamentar e da verba de gabinete gastos pelo deputado desde o início de seu mandato.

O cargo de secretário parlamentar é um cargo técnico, que auxilia na agenda do parlamentar e cuida da coordenação de diversas atividades do gabinete.

Entre os requisitos para a função, o curso de secretariado é citado como suplementar, segundo o próprio site da Câmara, mas fé não é uma exigência.

O DCM procurou o deputado Otoni de Paula, que não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias