Segunda, 06 de Julho de 2020
51993949307
Geral Bolsonaro

Bolsonaro não quer depor pessoalmente sobre interferência na PF

Auxiliares de Jair Bolsonaro informaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o presidente gostaria de prestar depoimento por escrito no inquérito que apura sua interferência na Polícia Federal.

29/06/2020 10h38
Por: Folha Fonte: Conversa Afiada
Arquivo web
Arquivo web

Auxiliares de Jair Bolsonaro informaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o presidente gostaria de prestar depoimento por escrito no inquérito que apura sua interferência na Polícia Federal. A informação é do Painel da Folha de S.Paulo.

Cabe ao ministro Celso de Mello, decano do STF, analisar o pedido.

Continua depois da publicidade

O procurador-geral da República, Augusto Aras, também deve defender o depoimento por escrito de Bolsonaro, lembrando precedente de Michel Temer, autorizado por Barroso a não comparecer pessoalmente à oitiva em 2017.

Lembra a Folha: "por lei, autoridades têm prerrogativa de responder por escrito em caso de prestar depoimento como testemunha. Assim como Temer, Bolsonaro vai ser ouvido na condição de investigado".

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias