Quarta, 30 de Setembro de 2020
51993949307
Geral Aulas

Aumento de contágio em idosos deverá fazer Bruno Covas retardar volta às aulas

Especialistas temem que as crianças e adolescentes, ao voltarem a circular nos colégios, retornem para suas casas, onde muitas vezes vivem com os avós, e transmitam a doença

03/08/2020 14h57
Por: Folha Fonte: Revista Forum
Arquivo web
Arquivo web

A reabertura das escolas públicas municipais de São Paulo deverá ser retardada ao máximo pelo prefeito Bruno Covas. Ele já afirmou que a decisão será tomada pelos especialistas da área de saúde da administração que, até agora, consideram a volta às aulas como de alto risco pelos técnicos.

A tendência é que a prefeitura adote posição mais conservadora que a do estado na decisão de retomar as aulas presenciais na rede pública.

Continua depois da publicidade

Inquérito sorológico feito pela Secretaria Municipal de Saúde mostra uma escalada de contágios em idosos da capital. O inquérito aponta que 13,9% de todos os casos mapeados no estudo foram registrados em pessoas mais velhas.

O medo dos especialistas é de que as crianças e adolescentes, ao voltarem a circular nos colégios, retornem para suas casas, onde muitas vezes vivem com os avós, e transmitam a doença.

Continua depois da publicidade

O mesmo inquérito deverá mapear agora o contágio entre crianças na capital paulista. O dado vai auxiliar na tomada de decisão.

A tendência é que a administração municipal demore cerca de duas semanas mais para colocar os colégios de volta à rotina, com restrições.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias