Quarta, 30 de Setembro de 2020
51993949307
Geral Violência

Vídeo - Policial militar invade a casa de vizinha e agride 4 estudantes com cacetete

Se tiver estômago, assista ao vídeo abaixo

04/08/2020 02h57
Por: Redação Fonte: Mídia Ninja
Vídeo - Policial militar invade a casa de vizinha e agride 4 estudantes com cacetete

Um policial invade a casa de quatro mulheres no prédio da Disauto na cidade de Lages, em Santa Catarina e as agride.

“Ele invadiu nosso apartamento com o cacetete e começou a nos bater porque estávamos comemorando o tcc de uma amiga nossa que mora com a gente” relatou a moradora pelo e-mail da Mídia Ninja.

Continua depois da publicidade

Segundo a vítima, o policial mora no mesmo condomínio que elas.

Ele foi identificado com o nome de Marcio Hugen.

Continua depois da publicidade

 

 

 

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

Ver essa foto no Instagram

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

 

 

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

 

 

Continua depois da publicidade

 

 

Continua depois da publicidade

 

Continua depois da publicidade

Um policial invade a casa de quatro mulheres no prédio da Disauto na cidade de Lages, em Santa Catarina e as agride. “Ele invadiu nosso apartamento com o cacetete e começou a nos bater porque estávamos comemorando o tcc de uma amiga nossa que mora com a gente” relatou a moradora pelo e-mail da Mídia Ninja. Segundo a vítima, o policial mora no mesmo condomínio que elas. Ele foi identificado com o nome de Marcio Hugen.

Uma publicação compartilhada por Barbudinho (@barbudinhoo) em

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

Seja um apoiador do nosso trabalho. Contribua com uma assinatura mensal de R$9,90 CLICANDO AQUI. Vamos fortalecer nossa luta contra esse governo corrupto e genocida. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias