Quarta, 28 de Outubro de 2020
51993949307
Geral Bolsonaro

Bolsonaro ataca Joe Biden e reafirma sua submissão a Trump

Após críticas do democrata Joe Biden à destruição da Amazônia, Jair Bolsonaro disse que o candidato democrata à presidência dos EUA abre mão de uma "convivência cordial" e demonstrou mais uma vez agir em razão dos interesses de Donald Trump

30/09/2020 14h52
Por: Folha Fonte: Brasil 247
Arquivo web
Arquivo web

Jair Bolsonaro usou as redes sociais nesta quarta-feira (30) para rebater o candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, que prometeu um fundo de US$ 20 bilhões para a preservação da Amazônia e alertou que o Brasil poderá sofrer "consequências econômicas significativas” em função do desmatamento e das queimadas. 

A declaração de Biden foi feita nesta terça-feira durante o primeiro debate com o presidente dos EUA e candidato à reeleição, Donald Trump. Desde que assumiu a chefia do Executivo, Bolsonaro vem promovendo um alinhamento automático do Brasil aos interesses da política externa norte-americana.

Em um texto publicado em português e inglês no Facebook, Bolsonaro disse que Biden “abre mão de convivência cordial e profícua” ao fazer a proposta e que Trump já coopera com o Brasil em “projetos de investimento sustentável que criem emprego digno para a população amazônica”.

Ainda segundo Bolsonaro, “a cobiça de alguns países sobre a Amazônia é uma realidade. Contudo, a externação por alguém que disputa o comando de seu país sinaliza claramente abrir mão de uma convivência cordial e profícua”. Ele também atacou a esquerda ao afirmar que “o que alguns ainda não entenderam é que o Brasil mudou. Hoje, seu Presidente, diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias