Quarta, 28 de Outubro de 2020
51993949307
Geral Bolsonaro

Bolsonaro nomeia três militares para autoridade de proteção de dados

O governo Jair Bolsonaro nomeou três militares para a Agência Nacional de Proteção e Dados. Um deles é o atual presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves Ortunho Junior

16/10/2020 10h19
Por: Folha Fonte: Brasil 247
Arquivo web
Arquivo web

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou nesta quinta-feira (15) os cinco diretores para a Agência Nacional de Proteção e Dados. Três deles são militares. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

Entraram na lista de militares o atual presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, que foi nomeado presidente da autoridade, além de Joacil Basilio Rael e Arthur Pereira Sabbat, do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) e um dos autores da estratégia nacional de ciberssegurança.

Também foram nomeadas Miriam Wimmer, diretora de Serviços de Telecomunicações no Ministério das Comunicações e a advogada Nairane Farias Rabelo Leitão, única representante do setor privado. Ela é sócia de um escritório de advocacia.

A ANPD deve zelar pela proteção de dados e ajudar na interpretação da lei para os setores público e privado. A agência tem o poder de sanção, que pode chegar a R$ 50 milhões (as multas só podem ser aplicadas em agosto de 2021).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias