Quarta, 28 de Outubro de 2020
51993949307
Geral Luciano Huck

DCM diz que Luciano Huck apagou foto com Robinho das redes sociais e assessoria nega

A suposta foto foi tirada durante gravação de uma série do programa Caldeirão do Huck, em 2006, quando Huck visitou o centro de treinamento do Real Madrid

16/10/2020 13h52 Atualizada há 6 dias
Por: Folha Fonte: DCM
Arquivo web
Arquivo web

Como fez com FHC, Moro, Aécio, e até com o senador do dinheiro na cueca, Luciano Huck agora apagou a foto que tinha ao lado do jogador Robinho, condenado em 1a. instância por estupro na Itália.

Nesta sexta-feira (16), foram divulgadas as gravações da conversa de Robinho com seus amigos envolvidos no caso. A certa altura, o atleta chega a dizer: “Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu”.

A foto foi tirada durante gravação de uma série do programa Caldeirão do Huck, em 2006, quando Huck visitou o centro de treinamento do Real Madrid.

O Instagram ganharia uma bolada caso passasse a cobrar do apresentador da Globo por cada foto apagada. Ele, por sua vez, deveria ter mais critério na hora de escolher suas amizades.

 

A assessoria de relações institucionais de Luciano Huck, entrou em contato dizendo que o apresentador não apagou nenhuma foto com o Robinho das redes sociais, fazendo contraponto ao Diário do Centro do Mundo (DCM) , fonte a qual reproduzimos o conteúdo. 

“O Huck não apagou nenhuma foto do Robinho de suas redes sociais. Até porque essa imagem que está circulando não configura ser um print do Twitter ou de qualquer outra plataforma. Gostaria de solicitar a correção dessa notícia com mesmo espaço e destaque que deram para a versão publicada que não condiz com a realidade”, disse Juliana Cookie.

 

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

Ajude nossa luta contra Bolsonaro, é só R$5 por mês. CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias