Sexta, 27 de Novembro de 2020
51993949307
Geral Bolsonaro

Rogério Correia protocola representação contra Bolsonaro na PGR por charlatanismo e improbidade

Correia aponta como justifica da investigação o cancelamento da compra da vacina chinesa Coronavac, que havia sido anunciada pelo ministro Eduardo Pazuello, e a propaganda de medicamentos sem eficácia comprovada para combater a covid, como o vermífugo nitazoxanida

22/10/2020 21h35
Por: Redação Fonte: Brasil 247
Rogério Correia (PT-MG) / Jair Bolsonaro (sem partido). (Foto: ABr)
Rogério Correia (PT-MG) / Jair Bolsonaro (sem partido). (Foto: ABr)

O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) protocolou nesta quinta-feira (22) representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo investigação de Jair Bolsonaro por charlatanismo e improbidade administrativa.

Correia aponta como justifica da investigação o cancelamento da compra da vacina chinesa Coronavac, que havia sido anunciada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e a propaganda de medicamentos sem eficácia comprovada para combater a covid, como o vermífugo nitazoxanida e a cloroquina.

Continua depois da publicidade

“Bolsonaro está priorizando questões políticas em relação à saúde e bem-estar da população”, afirmou Rogério Correia. “Não há dúvidas de que cabe investigação também por ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública”, acrescentou. 

Se levada adiante, e em última extensão, a investigação da PGR pode resultar em pedido de impeachment. “Cabe agora pressionarmos, pois a Procuradoria-Geral está novamente se transformando em engavetadora e arquivadora de papéis, como era bastante comum antes do governo Lula”, afirma Rogério Correia.

Continua depois da publicidade

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

Continua depois da publicidade

Ajude nossa luta contra Bolsonaro, é só R$5 por mês. CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias