Quinta, 26 de Novembro de 2020
51993949307
Geral Bacci

Record é condenada a pagar R$ 50 mil a inocente acusado por Bacci de matar enteada de dois anos

O apresentador Luiz Bacci chegou a se referir ao homem como "monstro" e "padrasto cruel" durante o programa

23/10/2020 17h10
Por: Redação Fonte: Brasil 247
Luiz Bacci (Foto: Reprodução)
Luiz Bacci (Foto: Reprodução)

A TV Record, do pastor Edir Macedo, foi condenada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a indenizar um homem em R$ 50 mil após acusá-lo de estuprar e matar a própria enteada. O caso foi noticiado no Cidade Alerta no dia 19 de abril de 2018 com o título “criança é violentada e morta pelo padrasto”.

A reportagem chegou a exibir o nome e a imagem do padrasto alegando que ele havia violentado a sua enteada, de apenas dois anos, na cidade de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo. O apresentador Luiz Bacci se referiu a ele durante o programa como “monstro” e “padrasto cruel”.

Continua depois da publicidade

O homem, no entanto, era inocente. A enteada dele, Lorena, morreu em decorrência de uma grave infecção pulmonar. Os hematomas encontrados no dia da sua internação teriam sido ocasionados por uma queda durante uma convulsão, conforme confirmado por exame necroscópico.

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

Continua depois da publicidade

Ajude nossa luta contra Bolsonaro, é só R$5 por mês. CLIQUE AQUI.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias