Sexta, 27 de Novembro de 2020
51993949307
Geral Ciro Gomes

Moro é "malandro" e Huck não tem preparo para assumir a Presidência, afirma Ciro Gomes

"O Luciano Huck é um apresentador de televisão. Ok, é uma tarefa das mais dignas. Isso o prepara para enfrentar a maior crise social e econômica do Brasil?", questionou Ciro

09/11/2020 17h05
Por: Redação Fonte: Brasil 247
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

 O ex-ministro Ciro Gomes criticou nesta segunda-feira (9) em São Paulo uma possível futura chapa para a disputa presidencial em 2022 formada pelo ex-ministro de Jair Bolsonaro Sergio Moro e pelo apresentador da Rede Globo Luciano Huck.

Ele afirmou que Huck não tem preparo para encarar o cargo, principalmente em um momento de crise tão intensa. “O Luciano Huck é um apresentador de televisão. Ok, é uma tarefa das mais dignas. Isso o prepara para enfrentar a maior crise social e econômica do Brasil? Isso o habilita a ser [presidente]? Só a irresponsabilidade de algumas pessoas da elite brasileira é que permite a gente acreditar nisso”.

Continua depois da publicidade

Em relação a Moro, Ciro Gomes o classificou como "fascista". “Moro vendeu a toga em troca de um cargo e é um cara da extrema direita. O Moro se veste como os fascistas italianos da década de 30. O Moro é fascista”.

Ele ainda lembrou que Moro topou assumir um posto no governo Bolsonaro logo após ter prendido e, consequentemente, eliminado do debate o principal adversário político do então candidato, o ex-presidente Lula. Para Ciro, o ato foi “uma lesão ética que transforma o Moro para mim num grande malandro, num corrupto que durante o governo Bolsonaro tudo o que pôde fazer fez para acobertar os filhos ladrões do Bolsonaro”.

Continua depois da publicidade

Por favor, clique aqui e se inscreva no nosso canal no YouTube. Precisamos fortalecer nossa luta contra o governo fascista de Bolsonaro.

Continua depois da publicidade

Ajude nossa luta contra Bolsonaro, é só R$5 por mês. CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias