Quinta, 26 de Novembro de 2020
51993949307
Geral Assassinato

PM temporário que fazia bico no Carrefour é um dos assassinos do homem negro

Ele e um segurança do supermercado foram detidos e devem responder por homicídio qualificado.

20/11/2020 09h53
Por: Folha Fonte: Revista Forum
Arquivo Web
Arquivo Web

Um dos assassinos de João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos que morreu espancado em uma loja do Carrefour em Porto Alegre, na noite desta quinta-feira (19), é um policial militar temporário. A identidade dele ainda não foi revelada.

Segundo informações preliminares, o homem seria funcionário de uma empresa de segurança terceirizada e estava trabalhando no local. Contudo, de acordo com o delegado Leandro Bodoia, testemunhas afirmam que o PM estava na loja como cliente.

Continua depois da publicidade

Além do PM, um segurança do Carrefour também foi detido em flagrante e levado a um prédio da Polícia Civil. Ainda, de acordo com o Gaúcha ZH, há uma terceira pessoa cujo envolvimento deve ser investigado. Os homens detidos devem responder por homicídio qualificado.

O vídeo da agressão passou a circular nas redes sociais no final da noite desta quinta. Imagens mostram dois homens com roupas pretas dando socos no rosto da vítima, que já está no chão e grita de dor. Uma mulher que estava próxima deles parece filmar a ação dos agressores.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias