Quarta, 27 de Janeiro de 2021
51993949307
Geral Bolsonarista

Não falha uma: mulher que fez ataque racista e homofóbico em padaria é bolsonarista

Na madrugada de sexta-feira, 20, data em que é celebrada a Consciência Negra no Brasil, ela foi flagrada agredindo clientes e funcionários da padaria Dona Deôla, na Pompéia.

24/11/2020 09h26
Por: Folha Fonte: DCM
Arquivo web
Arquivo web

Não falha uma. Se alguém faz ataque racista e/ou homofóbico, é só procurar que vai descobrir o vínculo com Bolsonaro. É o caso da Lidiane Brandão Biezok, de 45 anos. Na madrugada de sexta-feira, 20, data em que é celebrada a Consciência Negra no Brasil, ela foi flagrada agredindo clientes e funcionários da padaria Dona Deôla, na Pompéia.

“Você só serve para pegar meus restos”, disse, entre tapas, arremesso de objetos e ofensas racistas e homofóbicas como “bicha”, “viado” etc.

Continua depois da publicidade

Na rede social, foi encontrada foto dela com amigos (ou parentes) fazendo campanha para Bolsonaro

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias