Quarta, 27 de Janeiro de 2021
51993949307
Geral Sérgio Moro

Jornal: Carlos é ligado a 'gabinete do ódio' e ministros sabiam, diz Moro

Moro também afirmou que ministros do governo sabem disso e sugeriu uma investigação. As informações foram reveladas pelo jornal O Globo.

27/11/2020 16h31 Atualizada há 2 meses
Por: Folha
Arquivo web
Arquivo web

Sergio Moro, ex-ministro da Justiça, disse à Polícia Federal que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) é ligado ao "gabinete do ódio", grupo de assessores no Palácio do Planalto que usa as redes sociais para atacar adversários políticos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Moro também afirmou que ministros do governo sabem disso e sugeriu uma investigação. As informações foram reveladas pelo jornal O Globo.

Continua depois da publicidade

O depoimento aconteceu no último dia 12, na ação que investiga atos antidemocráticos. Moro afirmou que, depois que saiu do governo, passou a ser alvo de ataques do "gabinete do ódio", mas não soube nominar as pessoas responsáveis pela prática de tais condutas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias