Terça, 26 de Janeiro de 2021
51993949307
Geral Rio de Janeiro

Moradores da Cidade de Deus acusam PM de matar trabalhador a tiros

Segundo testemunhas, Marcelo Guimarães foi alvejado por policiais que estavam em um 'caveirão'. PM diz que houve confronto com criminosos

04/01/2021 14h27
Por: Redação Fonte: Carta Capital
Moradores da Cidade de Deus acusam PM de matar trabalhador a tiros

Moradores da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, acusam policiais militares de terem assassinado à tiros um homem de 38 anos nesta segunda-feira 4. A vítima foi identificada como Marcelo Guimarães.

Em relato divulgado nas redes sociais pela página CDD Acontece, uma moradora diz que o Guimarães voltava para casa para pegar o celular quando foi abordado pela PM. Ainda de acordo com o relato, a polícia teria dado ordem de parada, mas o homem não ouviu a determinação, e foi atingido por um disparo fatal.

Continua depois da publicidade

No vídeo, uma testemunha diz ainda que, após o disparo os policiais teriam saído em alta velocidade com o ‘caveirão’, sem prestar socorro, voltando ao local cerca de 40 minutos depois. Assista clicando aqui.

Um vídeo publicado pelo jornal O Dia mostra o carro da polícia saindo do local.

Continua depois da publicidade

Moradores acionaram o SAMU, mas o Guimarães não resistiu.

Em nota a PM atribuiu o ocorrido a um confronto entre bandidos e os policiais, limitando a se a dizer que o mototaxista “foi atingido no local, mas não resistiu”.

Continua depois da publicidade

Leia na íntegra:

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na manhã desta segunda-feira (4), equipes do 18º BPM (Jacarepaguá) realizavam policiamento na Av. Edgard Werneck quando criminosos atiraram contra os policiais de dentro da Comunidade Cidade de Deus, gerando confronto. Um mototaxista foi atingido no local e não resistiu. A Delegacia de Homicídios da Capital está registrando a ocorrência”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias