Sábado, 23 de Janeiro de 2021
51993949307
Política Genocida

Bolsonaro: "Querem me tachar de genocida. Quem que eu matei?"

Jair Bolsonaro não se vê como responsável pelas quase 200 mil mortes pela Covid-19 no Brasil, mesmo tendo em diversas ocasiões burlado o distanciamento social e minimizado a seriedade da pandemia.

07/01/2021 12h45
Por: Folha
Bolsonaro:

Jair Bolsonaro não se vê como responsável pelas quase 200 mil mortes pela Covid-19 no Brasil, mesmo tendo em diversas ocasiões burlado o distanciamento social e minimizado a seriedade da pandemia.

A apoiadores, Bolsonaro afirmou: "Querem me tachar de genocida. Quem que eu matei? Muito pelo contrário. Eu, com as minhas medidas, sugeri tratamento precoce. Evitamos muitas mortes".

Continua depois da publicidade

O presidente ainda buscou responsabilizar a imprensa pela crise: "A imprensa não tem o que fazer, daí fica 'falta seringa, incompetência'. Queria que eu comprasse superfaturado para ser tachado agora de corrupto", disse.

"Agora estão dizendo que vai faltar seringa, como nós estamos segurando para Covid, vai faltar seringa para outras doenças. São canalhas", acrescentou.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias