Terça, 26 de Janeiro de 2021
51993949307
Geral Record

Adriana Araújo deixará Record após 15 anos por críticas a Bolsonaro

Após 15 anos na Record, a jornalista Adriana Araújo, 47, deixará a emissora em março, data em que seu atual contrato se encerra. A renovação do compromisso é dada como “muito improvável” dentro da diretoria.

13/01/2021 16h36
Por: Folha
Adriana Araújo deixará Record após 15 anos por críticas a Bolsonaro

Após 15 anos na Record, a jornalista Adriana Araújo, 47, deixará a emissora em março, data em que seu atual contrato se encerra. A renovação do compromisso é dada como “muito improvável” dentro da diretoria. A profissional foi por 14 anos âncora do Jornal da Record e deixou o posto em junho de 2020, depois que mirou críticas ao governo Jair Bolsonaro, em sua rede social, sobre a transparência no combate a Covid-19. A postagem incomodou o alto comando da emissora, que vem adotando uma linha editorial com menos críticas ao presidente. O próximo destino de Araújo na televisão deve ser a CNN Brasil.

Na última semana, o jornalista Flávio Ricco noticiou que Adriana Araújo estava acertando sua ida para a CNN Brasil. Ela negou a nota, mas internamente, de acordo com fontes ouvidas, a resposta de Araújo foi vista como protocolar, já que não pode assumir que negocia com uma TV ainda sob a vigência do seu atual vínculo com a Record. O NaTelinha confirma o interesse da CNN Brasil e aproximação de Adriana Araújo.

Continua depois da publicidade

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias