Quinta, 04 de Março de 2021
51993949307
Geral Espírito Santo

Enfermeira bolsonarista que debochou da vacina é demitida

A enfermeira Nathanna Faria Ceschim virou alvo de investigação por parte do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo, onde ela trabalha, após ter sido imunizada com a Coronavac e publicar vídeos debochando da vacina, duvidando da eficácia e que só a tomou para poder viajar.

25/01/2021 22h39
Por: Redação
Enfermeira bolsonarista que debochou da vacina é demitida

A enfermeira bolsonarista Nathanna Faria Ceschim foi demitida da Santa Casa de Misericórdia de Vitória depois de publicar um vídeo nas redes sociais debochando da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantã em parceira com a Sinovac.

Em nota, a Santa Casa disse que “tomou todas as medidas cabíveis relacionadas ao assunto e que não mais se manifestará sobre o ocorrido”.

Continua depois da publicidade

A direção do hospital ainda ressaltou na nota que mantém “a postura clara e irrestrita com relação à importância da vacina como única solução possível para conter o avanço dos novos casos de coronavírus”.

Em outro trecho, a instituição afirmou que segue “o calendário de vacinação da Prefeitura de Vitória, imunizando seus profissionais que atuam na linha de frente de acordo com as prioridades estabelecidas pelo Plano Nacional de Vacinação”.

Continua depois da publicidade

A enfermeira Nathanna Faria Ceschim virou alvo de investigação por parte do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo, onde ela trabalha, após ter sido imunizada com a Coronavac e publicar vídeos debochando da vacina, duvidando da eficácia e que só a tomou para poder viajar.

Continua depois da publicidade

Entenda

A enfermeira Nathanna Faria Ceschim virou alvo de investigação por parte do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo, onde ela trabalha, após ter sido imunizada com a Coronavac e publicar vídeos debochando da vacina, duvidando da eficácia e que só a tomou para poder viajar.

Continua depois da publicidade

“Como uma boa bolsominion. Bolsonarista que eu sou, não nego. Tomei ela quarte-feira, fiquei com o braço doendo, mas não fez nada demais. (…) Tomei por conta que quero viajar, e não para me sentir mais segura. Uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água”, diz Nathanna.

Ela também publicou vídeos em que aparece sem máscara no hospital e foi denunciada ao conselho regional de enfermagem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias